terça-feira, 10 de setembro de 2013

POEMA Nº 091 - SOU O TEU INUSITADO

Por ti,
vivo calando gritos na garganta da noite
prenha de desejos profanos
Sou o animal que te espreita
nas florestas do norte
para deleite da minha carne
e se esconde nas sombras
do teu pensamento
Sou teu desejo mais obsceno e sagrado
Sou o teu orgulho diluído
 no universo do teu nada.
Sou teu instinto mais primitivo
Sou tuas taras
Que quedam adormecidas
no mais íntimo do teu âmago.
Sou teu sangue em febre,
Tua pele suada,
Teus dias,
Tuas madrugadas...
Sou tuas conspirações
inconfessáveis e vis.
Teus pecados,
Teus instintos,
Tuas fomes,
Tua sede
Teu hoje, teu amanhã,
Teus horizontes sombris...
Teu desespero,
Tua esperança,
Tua criança
Sou teus enigmas mais abstratos
Tuas sensações desmesuradas
Sou teu tudo. Sou teu nada!
Em tua vida,
O inusitado, eu sou!
Sou tudo em ti. 
Sou tua.
 Amante!
Mas não vens...


Autoria: Lavínia Andrill
Imagem:Internet
Arquivo: Casal 130

8 comentários:

  1. Olá gostei muito de conhecer seu blog,sou a 1000 seguidora da Fenix 27 beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lua... que bom que vieste! Deixaste um pouco a tua luz para iluminar o meu blog!

      Volte sempre! Bjs. 1000!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Olá, Nelma... te recebo com alegria! Volte sempre! Obrigada pela visita! Bjs.

      Excluir
  3. Olá Lavínia, muito lindo o teu blog e teus poemas tem a força dos sentimentos. Parabéns!!
    Beijos, Vilma
    Visite-me:
    Poesias e Prosas - http://vilmapiva.blogspost.com
    Fotografias - http://vilmapivafotos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu sei que você vai me odiar por dizer isso, mas, eu não consigo calar e peço que me perdoe. Acho que a mistura de alguns termos mais fortes que você costuma usar , tendem a retirar a doçura do amor que os outros termos querem dar. Alguns até tiram o encanto do amor e da paixão para deixar apenas o subsolo de nossos desejos e deixam uma porta aberta para que pensemos que aquele subsolo seja o mais importante, o mais forte em nós. Mas, para meu gosto e compreensão do ser em seus momentos de amor combinado com a luxuria, é exatamente a superação desses sentimentos mais "primitivos" que nos diferencia dos outros animais, é a troca que fazemos deles por outros que também estamos desenvolvendo ao longo de nossa evolução, como carinho, afagos, ternura e o próprio amor antes, durante e depois do sexo. O primitivo, para mim, que admito ainda existir como resquícios, deve e pode ser superado porque ele, na verdade, inibe o mais sublime sentimento que nos anima a viver: AMOR! O animal faz sexo por necessidade biológica,não existe troca. Em nós, além dessa necessidade, tem que haver a troca, tem que haver a satisfação de dois e não apenas um, tem que haver completude de ambos e, como já disse, antes, durante e depois. E, outra coisa que eu percebo e sinto, não sei se me engano, é que você coloca a mulher sempre numa posição de objeto de satisfação do homem, numa atitude às vezes até de submissão e, para mim que discordo de maneira enfática com isso, não vejo a mulher dessa forma, mas muito pelo contrário. A mulher desperta em mim o que eu tenho de melhor como ser humano em processo contínuo de evolução: o desejo de amar e ser amado, de completude a dois, de fusão e unicidade. Espero, sinceramente, que essas observações não te levem a me querer mal e nem atrapalhe o intercambio de nossa amizade. Além do que, devo dizer, o foco, o tema e o desenvolvimento que você dá aos textos é do meu agrado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ronaldo Savazoni, Amigo, permita-me discordar de ti! Primeiro, jamais odiarei a gentileza de postares um comentário, seja ele de que forma for. Discordo também quando dizes que, "termos fortes" que eu uso em meus poemas retira a doçura do amor... e deixa apenas o "SUBSOLO" de nossos desejos!!!! Que pena, Amigo, que tu colocas os TEUS desejos a um nível de um reles subsolo... Os meus, elevo-os ao Olimpo! Pelo simples fato de que, não consigo separar o amor carnal do AMOR... O sexo é sublime para mim... Sexo é vida! Sexo é completude do corpo, da mente e da alma, em uno consigo próprio ou com outrem! Amar a si mesmo (masturbação) também é sublime pelo fato de estarmos nos amando! E, se este amor é compartilhado com outrem, atingimos a completude!

      Ademais, meu caro Amigo, na linguagem poética, a LIBERDADE de expressão é ABSOLUTA! Não devemos impor regras ao poder criativo da nossa imaginação!

      Uso, sim, termos fortes. É o perfil da minha criatividade. Gosto disto. Intensidade! Mas, permita-me dizer-te que, eu, poeta não é a mesma que eu, Lavínia... O artista deve ser livre para criar...

      E, sim, muitas das minhas criações coloca a mulher em submissão... sendo este um pequeno viés do meu particular... mas, você deveria entender melhor o que significa "submissão" numa relação sexual... na verdade a submissa é soberana por que ela se permite ser submissa... Mas aí já é uma questão de opção de cada um... é um universo ainda desconhecido para muita gente...

      Concluindo, tanto o homem quanto a mulher devem "despertar" um no outro o que há de melhor em cada um... pois é esta troca que vivifica a relação.

      Meu querido, de maneira alguma fiquei chateada e te digo uma coisa: adoro o debate! Adoro mesmo! Gostaria de estar conversando contigo, pessoalmente, sobre este assunto (pelo qual sou tremendamente apaixonada, por isto tanto componho!!!!). Podes falar o que quiseres (apenas me permita discordar se for o caso). Voltes tantas vezes desejares. E, sim, já somos amigos!
      Um grande abraço!!!!

      Excluir
  5. Já havia lido este poema, mas toda vez que aqui venho eu o leio de novo. É um dos meus preferidos, Poetisa. Um poema com uma feminilidade ímpar. E tudo é permitido entre duas pessoas se há consenso. Os teus poemas são muito fortes. Concordo com o comentário acima que usas termos fortes. Este é o teu grande diferencial. Continue. Poema água com açúcar tem aos montes por aí. Nem os leio. Os seus mexem fundo com as sensações, com a libido. Sem falsos pudores, mas de uma forma muito elegante. Continue, poetisa, continue...

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim! Obrigada por comentar!