terça-feira, 17 de setembro de 2013

POEMA Nº 108 - ALMA INQUIETA

Alma alada, criando asas,
voando por universos
a ti não permitidos...
Alma inquieta, alma selvática,
o mundo em que vives
não te basta?
Alma aventureira, alma lasciva,
alma inconsequente,
alma leviana,
cuidado com os teus precipícios,
alma exagerada!
Alma hipertímica, 
retoma o teu estame!


Autoria: Lavínia Andrill
imagem: Internet
Arquivo: Fantasia 108

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim! Obrigada por comentar!