sexta-feira, 6 de setembro de 2013

POEMA Nº 087 - PAIXÃO, FRÁGUAS NO CORPO

Paixão é puro tesão
É frágua que nasce na nuca
E desce pelos flancos
E explode em chamas nas entranhas...
Nitroglicerina detonando frêmitos desejos
Lúbricos
Dúbios
Inconfessos...
Tão meus!


Autoria: Lavínia Andrill
Imagem: Internet
Arquivo: Casal 53



Um comentário:

  1. Paixão é fogo que arde sem queimar...

    Mais um belo poemeto. Parabéns, poetisa linda!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim! Obrigada por comentar!