segunda-feira, 19 de agosto de 2013

POEMA Nº 065 - MOÇO GOSTOSO

Que posso fazer com você, moço,
Que chega e se entrega 
Se despe de qualquer reticência
E se mostra sem pudor para mim?
Que posso fazer com você, moço,
Se tua pele quente e morena
É meu pecado, minha perdição?
Como posso fugir, moço,
Se meu corpo se amolece
E a malemolência vem
Quando te vejo chegar?
Aonde irei, moço,
Se meus passos procuram os teus
E meu olfato segue teu cheiro?
Como viver, moço,
Sem esse teu cheiro
Que me viciou?
Moço, 
O que fazer se eu o amo tanto
E não posso ter você?
Moço,
Vem...


Autoria: Lavínia Andrill
Imagem: Internet
Arquivo: HOMEM 3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim! Obrigada por comentar!