sábado, 14 de dezembro de 2013

TEXTO Nº - 006 - AMOR ETERNO

Hoje, 14 de dezembro, é uma data especialíssima para mim! É aniversário do meu companheiro de longa data, meu melhor amigo, meu irmão, meu pai, meu porto seguro, meu psicólogo, meu maior incentivador, meu fã e meu ídolo, meu tudo, meu homem, meu amante, meu marido, meu eterno e grande amor! São quase quatro décadas que caminhamos, sempre, lado a lado, vivendo o que a vida nos dá, e tirando da vida o que há de melhor! Sonhamos juntos, lutamos juntos e vencemos juntos! Sofremos juntos e vibramos juntos! E a chama em nosso olhar não se apagou com o tempo; brilha sempre mais. Não consigo ver a vida sem você ao meu lado! Somos extensão um do outro... não conseguimos nos separar por muito tempo, pois o ar que respiramos, é único! Amo dormir e acordar ao teu lado... E, pela manhã quando nos separamos para cuidarmos das nossas vidas, falamo-nos durante o dia como dois namorados, vibrando ao ouvir a voz do outro ao telefone... Alegra-me a tua volta a nossa casa, quando finda o dia... E, quando chegas, todos os dias de todos os meses e de todos os anos, ouço o abrir da porta e a tua voz macia e amorosa chamar: Vínia! 
Feliz aniversário, meu amor! Feliz aniversário!


Minha homenagem a você, meu amor!


2 comentários:

  1. Puxa, Lavínia! Que lindo! Você é uma poeta! Confesso que fiquei emocionada.
    Everaldo é um homem de sorte. Vida longa para vocês. Parabéns!

    Lúcia Calmon

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lúcia! Que bom tê-la por aqui! Beijos!

      Excluir

Seu comentário é muito importante para mim! Obrigada por comentar!